4.30.2017

Felicidade

Qual o sentido da vida? Ser feliz? Nós realmente precisamos da felicidade plena a todo momento? Como sequer atingir essa tal de felicidade?

Felicidade: "concurso de circunstâncias que causam ventura.", já dizia o dicionário.

Outros significados: sorte, bom êxito, bem-aventurança. 
Para mim, felicidade é acordar todos os dias e não querer levantar porque minha cama é confortável até demais. É pentear meu cabelo e me sentir satisfeita comigo mesma. É sentar e tomar café da manhã com minha família linda. É conversar com meus amigos e dar umas boas risadas.
A vida, porém, não pega leve. Pessoas morrem, tragédias acontecem. Corações são partidos, doenças chegam sem avisar. Quando vemos estamos no meio de uma crise e aí aquele conceito de "felicidade é só questão de ser" passa a não ter mais sentindo. Parece que o mundo não é tão colorido mais. Deixa eu te contar uma coisa? "Quanto mais cinzento o seu passado mais cores você terá para colorir o futuro". Eu não sei quem escreveu esta frase, mas tem minha admiração. Essa é a mais pura verdade. Todos vamos passar por perrengues na vida e pensar que alegria não é mais uma palavra no próprio vocabulário. Mas ela existe sim, ao lado de tristeza, sofrimento e dor. Acontece. O mundo acontece e dói muito. Tudo que é ruim, porém, traz um aprendizado, experiência e amadurecimento. Não é sobre isso que é o ser humano? Evolução?
Aquele momento que você chorou por causa do ex, lembra? Então. Não tem problema, você aprendeu muito neste relacionamento. Agora é hora de aprender outras coisas sozinha. Mas você tem que saber levar o melhor da situação. Depende de você.
Aproveite o momento. Se você está sofrendo com algum parente próximo que está doente, aproveita agora. Vai lá e dá um abraço, fala que ama apesar de tudo.
Não deixe nada atrapalhar, porém, a sua essência. Vai lá e si ama, si gosta, si aprecia.
Espero que, através de tantas palavras, eu consiga ter me expressado como queria. Agora reflita sozinho, mas lembra de ficar de olho para a próxima #sessãoterapêuticacomAmanda kkkkk.
XOXO

12.22.2016

Confiança

Quantas vezes você já ouviu "Ai meu Deus, ele não respondeu minha mensagem até agora, aposto que não quer conversar comigo" ou já foi quem disse isso? Quantas meninas já quase estragaram o botão do celular de tanto checar se o garoto mandou mensagem ou não?
Então, eu sei que coisas assim são inevitáveis, pois são geradas principalmente por uma ansiedade incontrolável, mas acontece que no final das contas todas sabemos que isso não dá certo.
Você vai acabar brigando com ele porque não respondeu a mensagem na hora que você queria, ou vai conversar com tom de irritação... E com isso, aos poucos, o relacionamento vai se desgastando. 
Minha dica poderia ser simplesmente: não demostre chateação, seja paciente. Seria simples se fosse assim, mas há sentimentos que ficam escancarados mesmo que você não queira. É algo incontrolável.
Ainda tenho muito a aprender sobre esse tema, e o tempo que vai me contar tudo, e daí vem a experiência, mas se há algo que já aprendi é que auto confiança é tudo. Se você é auto confiante vai saber que o seu namorado gosta sim de você, mesmo que não esteja papeando com você toda hora. Também vai saber que não rolou com o outro carinha porque vocês não tinham afinidade, mas isso não te torna uma pessoa ruim, feia ou errada.
Auto confiança não é algo nada simples, eu sei, mas algo necessário. Não há fórmula para ser confiante, por isso você tem que achar o seu próprio meio de se valorizar. Tarefa difícil? Prometo que um dia você consegue! Olha os seus talentos, olha o amor de quem te ama. Olha tudo que você já fez, olha tudo oque você quer fazer e faça. Você vai se sentir tão orgulhosa, e é importante reconhecer que todo seu esforço foi um sucesso, mas para isso é preciso batalhar. A vida é assim.

10.24.2015

Dicas para manter os lábios macios e hidratados

Quanto tempo que não faço posts! Bem, agora voltei, e com algumas dicas bem bacanas para manter os lábios hidratados e macios.
Lábios ressecados sempre me incomodaram muito, além de que o batom não fica tão bonito quanto quando a boca está macia e lisinha. Por isto, as dicas são bem úteis e ajudam bastante a resolver esse problema. Vamos lá!
Para começar, eu indico muito o Protetor Labial Nivea Lip Care. Ele tem um tom que parece um batom cremoso. Como tem cor, uso para sair diariamente. Além de hidratar, fica bonito! Eu uso o de morango e adoro.
O Avène Cold Cream Lip Balm também é muito bom. A coloração dele é um pouco branca, portanto não é o ideal para sair, mas ele hidrata bem, portanto quando estou dentro de casa sempre uso este.

O Bepantol, antes usado para melhorar assaduras de bebês, agora é multi-uso. Eu o utilizo para os lábios, e o resultado é incrível! De fato hidrata bastante. Como é um creme meloso e bem branco, utilizo para dormir. Faz toda a diferença!
Você também pode utilizá-lo para esfoliar os lábios. Após aplicá-lo, passe açúcar e mova seus dedos em movimentos circulares por toda a superfície. O efeito é instantâneo! O Bepantol pode ser substituído por mel, porém ainda indico mais o primeiro. 

E aí, gostaram das dicas? Espero que sim! 
Um beijo e até o próximo post!

3.20.2015

Resenha: Starters

Heey, galerinha! Como vão?
Então, trouxe para vocês a resenha do livro "Starters". Espero que vocês gostem!
Sinopse:
Callie perdeu os pais quando a Guerra dos Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que matariam por uma bolacha.
A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar pertubado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como Velho. Ele contrata adolescentes para alugar seus corpos aos Enders - idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudaráa sobreviver, concorda em ser uma doadora. Mas o que parecia ser a solução é apenas o começo de grandes descobertas... E Callie terá que lutar para tentar sobreviver.
Minhã opinião:
Fazia um tempo que eu não em um mundo imaginário através de um livro. Fiquei com uma vontade irracional de entrar naquele lugar para ver melhor como é, mas durante a leitura fui reconhecendo o meu próprio mundo nas páginas. No livro, há uma crítica à sociedade relacionada a beleza física, além de entrar no assunto de pessoas inocentes iludidas por políticos corruptos. Portanto, Starters pode ser considerada uma distopia.
Na capa mostra que Kami Garcia, coautora da série Beautiful Creatures, diz que "fãs de Jogos Vorazes vão adorar". Concordo! Achei o livro uma mistura de Jogo Vorazes, de Suzanne Collins, com Feios, de Scott Westerfeld.
Apesar de ter achado a narrativa muito bem conduzida, achei que algumas partes não foram tão bem explicadas, e senti falta de partes expressando os sentimentos de Callie.

Gostou? Já leu o livro? Tem vontade de ler? Me conta aí nos comentários!

2.21.2015

DIY: painel de fotos

Eu estava muito afim de mudar alguns detalhes da decoração do meu quarto. Pensei em várias ideias, e decidi que combinaria muito fazer um painel de fotos! Depois de algumas pesquisas, comprei os materiais e fiz em uma tarde. É fácil de fazer, e dá um toque especial no seu quarto.
Materiais: 
-Quadro de cortiça;
-Cola de EVA;
-Pedaço de tecido de algodão do tamanho do quadro (escolhi esse estampado floral lindo);
-Cola braca;
-Alfinetes;
-Pincel largo;
-Tesoura;
-Lixa;
-Criatividade.

Passo 1: lixar
Lixe toda a borda  do quadro.
Passo 2: pintar
Agora é a hora de pintas as bordas! Passe uma, duas, três camadas, até você ter certeza que está tudo branquinho e bem uniforme.

Passo 3: passar cola e colocar o tecido
Passar cola e colocar o tecido estão no mesmo passo, pois ambos precisam ser executados juntos. Passe cola em apenas uma parte, espalhe e logo venha com o tecido por cima, certificando-se que ele está lisinho. 


Passo 4: enfiar o tecido que sobrou para dentro
Sabe aquele tecido que sobrou? Com uma tesoura/faca/espátula o enfie para dentro da borda.

Depois, basta colocar (usando alfinetes) muuitas lembranças! Vale de tudo: passagens, cartões, folhas de revistas... O meu ainda está bem vazio, mas em breve já não terá mais espaço para colocar fotos novas... Hahaha.
Gostou da ideia? 
Beijos e até o próximo post!

2.14.2015

Algumas das minhas inscrições no Youtube

Oi oi!
O tema de hoje é um tanto diferente. Vou contar um pouco sobre cada canal de moda que sou inscrita.
Bruna Vieira
Os temas da Bruna são bem variados. Elas sempre mostra os produtos de maquiagem que usa, apesar de serem poucos os tutoriais ensinando a usá-los. Ela também sempre posta no Depois Dos Quinze, que é o blog dela.
A blogueira também é viajante, e, em seu canal, sempre faz vlogs para que nós possamos acompanhar um pouco de cada viagem que faz. <3

Renata Castilho
A youtuber Renata Castilho faz vídeos com "dicas para a vida" de assuntos variados, além de ensinar várias técnicas para a aplicação de maquiagem. É incrível!

Karol Pinheiro
Ela faz vlogs mensais, muitos tutoriais de maquiagem, tags e vários outros temas diversificados. Adoro os vídeos dela, são os melhor <3
lookshortrenda11

Ana Paula Buzzo
A blogueira é bem seria, mas os vídeos dela são bem legais, e trazem curiosidades muito legais.
Bethany Mota
Eu já falei dela uma vez aqui no blog, inclusive. Ela é muito divertida e fofa! Gosto muito dela. Ultimamente a frequência de vídeos no canal da youtuber está diminuindo, mas ainda sim vale a pena se inscrever no canal dela.
SOS Maquiagem
A youtuber, Carolina Lemos (apelido Cacau Lemos), além de ser extremamente engraçada (inclusive, ela faz vines), dá dicas muito legais no canal dela! Indico muito.
StilaBabe09
Meredith é muito fofa e engraçada, assim como a Bethany! Adoro ela! Os vídeos dela são variados: de ensinar uma make para uma ocasião especifica, até mostrar receitas para diferentes situações!
Gostou do post? Seria um prazer saber sua opinião. Se quiser, deixe um comentário!
Muitos beijos!

2.01.2015

Querido diário...

We all have secrets.
Hoje vim falar de um assunto um tanto diferente... Vim falar sobre diários! Vim esclarecer que diário não é coisa de menininha, e mostrar para você, leitor, que diários fazem melhor as pessoas do que você imagina.
Um pouco antes do ano novo comecei a ler "O Diário da Princesa". Li o primeiro volume, e logo o segundo. Achei tão maravilhosa a ideia que decidi que uma das minhas metas para 2015 seria escrever cotidianamente em um diário!
Na minha opinião, escrever em um diário é algo muito estranho. Tipo, aquilo é uma folha de papel! Não fala, não pensa, não pode dar palpites sobre aquilo que você faz, mas este é o ponto: quando conto para alguém algo que tenha a ver com acontecimentos e sentimentos, a pessoa certamente vai dar uma opinião. Normalmente fico muito focada naquela opinião da pessoa, e quando conto para outra ou ela dá uma opinião igual, ou oposta. Se for oposta ficarei mais confusa ainda. Se for igual, no final tenho certeza que farei oque as pessoas sugeriram. Já quando você escreve em um diário, ninguém te induz a nada! Você pensa uma solução para aquilo por conta própria, e "processa" oque está sentindo da sua maneira.
E o mesmo para se você escrever sobre o pão com café que você comeu no café da manhã. Você talvez não saiba, mas isto pode dar um baita assunto! Kkkkkk. A questão é que qualquer coisa que você tenha feito durante seu dia fica mais legal tendo alguém - mesmo este "alguém" sendo um pedaço de papel- para contar sobre.
Achei muito interessante a seguinte frase que a escritora Bruna Vieira escreveu no livro "Depois dos Quinze": "Transformar sentimentos em palavras foi a única menira que encontrei de desabafar e escapar sutilmente para um realidade inventada onde as pessoas -e os personagens- não me julgavam ou diziam como eu deveria me sentir".
Agora vejamos: diário é ou não coisa de menininha?
Antes de responder está pergunta queria contar algo para vocês: marinheiros usavam os chamados "diários de bordo" há anos atrás, para escrever sobre anotações e acontecimentos sobre suas viagens e navegações.
Ou seja: de certa forma FORAM OS HOMENS QUE COMEÇARAM OS DIÁRIOS!!!
Acho que  minha resposta está mais que óbvia: não, diário não é coisa de menininha. Claro que isto depende do jeito de escrevê-lo, mas não necessariamente o modo que você escrever em seu diário precise ser romântico. Nada a ver!
Agora, até hoje os meninos (e até algumas meninas) tem preconceito contra diários. Dizem que é coisa de gay e blábláblá. No ambiente em que vivo, pelo menos, muitos meninos que falam esse tipo de coisa já leram "O Diário de Um Banana". Acho que eles não perceberam que tal livro é uma prova concreta de que diários não tem que ser super femininos e tals! Tudo depende do que a pessoa fizer do diário dela!
Desabafei neste post! Heuheueheu.
Conte para mim a opinião de vocês sobre e o post, e me digam se vocês gostarem deste tipo de publicação! Eu adoraria saber oque você aí do outro lado da tela tem a dizer sobre o assunto de hoje. Bjos.